top of page
Buscar
  • Foto do escritorMSG Consultoria Comercial

Ainda não me adequei à LGPD. E agora?


Mão masculina segurando uma nuvem e um cadeado, fazendo alusão à proteção de dados.
Imagem: Freepik

O prazo para a adequação à LGPD terminou em agosto e muitas empresas ainda não realizaram esse processo.


E agora, o que acontece? Ainda dá tempo de realizar a adequação à Lei? Se sim, como?


Temos muitas perguntas a serem respondidas. Mas, calma, que, neste artigo, você vai ter todas essas respostas.


Boa leitura!


LGPD: fiscalizações começaram em agosto


Sabemos que as fiscalizações e aplicações de multas por parte da ANPD (Autoridade Nacional de Proteção de Dados), baseada na Lei Geral de Proteção de Dados, começaram em agosto. Então, agora, podemos dizer que a LGPD está efetivamente em vigor.


Para aquelas empresas que vinham adequando suas estruturas e buscando o máximo de conformidade com a legislação, tudo certo, vamos em frente.


Afinal, se surgir alguma fiscalização, ou se os seus clientes solicitarem qualquer informação, elas estão prontas para dar a resposta adequada no mais curto espaço de tempo possível.


O que acontece com quem não se adequou?



Sabemos que esta é uma frase clichê, mas é inevitável: “o brasileiro deixa tudo para a última hora”.


Pelos últimos levantamentos, apenas 20% das empresas brasileiras, aproximadamente, iniciaram seus processos de adequação e, para as quase 80% restantes, só resta lamentar, caso recebam alguma fiscalização, pois a lei é tácita e a sua aplicação inevitável.


Vai doer no bolso muito mais do que se o processo tivesse tido algum andamento ainda que embrionário.


Digo isso por que existe um subterfúgio chamado “demonstração de boa vontade”, que permite que a empresa apresente seu plano de adequação, mesmo que ele não esteja completo.


Contudo, é preciso demonstrar que já tenha tido algum andamento. Há a previsão de considerar que existe uma ação em curso e ela somente não se completou, porque envolve um comprometimento do fluxo de caixa da empresa, o que poderia comprometer a saúde financeira da organização e, consequentemente, a manutenção da sua estrutura e da sua própria operação.


O que fazer?


Calma. Não se desespere porque nem tudo está perdido.


Ainda há tempo de começar o processo de adequação. A MSG, que cumpre o papel de DPO (Data Protection Officer) garante que existem diversas etapas a serem cumpridas e que não dependem de um investimento pesado. Muito pelo contrário: há a possibilidade de se adequar com custos baixíssimos e ainda fomentando o mercado.


A MSG Consultoria é uma empresa especializada na adequação à Lei Geral de Proteção de Dados e tem total capacidade de apoiar todas as empresas que desejam iniciar sua adequação de forma ajustada à sua realidade de mercado.


Consulte nossos especialistas e veja como podemos ajudar sua empresa nesse processo, evitando fiscalizações e multas pesadas.


14 visualizações0 comentário

תגובות


bottom of page